Lista de batalhas das guerras italianas - List of battles of the Italian Wars

Da Wikipédia, a enciclopédia livre

Guerra Italiana de 1494-98

Seminara

Fornovo

Guerra Italiana de 1499-1504

Ruvo

Cerignola

Garigliano

Guerra da Liga de Cambrai

Agnadello

Padua

Polesella

Mirandola (1511)

Brescia

O Saque de Brescia ocorreu em 18 de fevereiro de 1512 durante a Guerra da Liga de Cambrai . A cidade de Brescia se revoltou contra o controle francês, guarnecendo-se com tropas venezianas . Gaston de Foix , recém-chegado para comandar os exércitos franceses na Itália, ordenou que a cidade se rendesse; quando ele se recusou, ele o atacou com cerca de 12.000 homens. O ataque francês ocorreu sob uma chuva torrencial, através de um campo de lama; Foix ordenou que seus homens tirassem os sapatos para melhor tração. Os defensores infligiram pesadas baixas aos franceses, mas foram eventualmente invadidos, sofrendo de 8.000 a 15.000 baixas. A infantaria Gascon e os landknechts então saquearam completamente a cidade, massacrando milhares de civis nos cinco dias seguintes. Depois disso, a cidade de Bérgamo pagou cerca de 60.000 ducados aos franceses para evitar um destino semelhante.

Ravenna

São Mathieu

Novara

Guinegate

Flodden Field

Os reinos da França e da Escócia tradicionalmente gozavam de uma estreita relação diplomática , refletida em um tratado defensivo assinado entre os dois reinos em 1512. Quando Henrique cruzou o Canal da Mancha para fazer campanha na França, o rei da França ativou o tratado, enviando armas, dinheiro e conselheiros militares de Jaime IV da Escócia para encorajá-lo a cumprir suas obrigações, na esperança de que isso desviasse os recursos ingleses da invasão da França. James cruzou a fronteira com uma força de cerca de 35.000 homens, incluindo 5.000 conselheiros franceses. Ele teve a oposição de uma força inglesa sob o comando do conde de Surrey . Os dois lados se encontraram em 9 de setembro de 1513, perto da vila de Flodden. O exército escocês foi fortemente derrotado, perdendo cerca de 9.000 homens e muitos nobres, incluindo o rei Jaime , o filho ilegítimo do rei , e doze condes .

La Motta

A Batalha de La Motta , também conhecida como Batalha de Schio , Batalha de Vicenza ou Batalha de Creazzo , que ocorreu em 7 de outubro de 1513 entre a República de Veneza e um exército espanhol e imperial combinado, foi uma batalha significativa da Guerra da Liga de Cambrai . Um exército veneziano comandado por Bartolomeo d'Alviano tentou impedir que os espanhóis e imperiais comandados por Ramón de Cardona se retirassem do Vêneto , mas foi derrotado e dispersado.

Marignano

Guerra Italiana de 1521-26

Pampeluna

A Batalha de Pampeluna (também conhecida como Pamplona ) ocorreu em 20 de maio de 1521, entre tropas navarras e espanholas apoiadas pela França , durante a conquista espanhola de Navarra Ibérica e no contexto da Guerra Italiana de 1521-1526 . A maioria das cidades navarras se levantou imediatamente contra os espanhóis, que invadiram Navarra em 1512. Os espanhóis resistiram ao cerco abrigados no castelo da cidade, mas acabaram se rendendo e os navarros assumiram o controle da cidade e do castelo de Pamplona.

Foi nessa batalha que Inigo Lopez de Loyola, mais conhecido como Santo Inácio de Loyola , sofreu ferimentos graves, com uma bala de canhão de Navarra que estilhaçou sua perna. Diz-se que depois da batalha os navarros admiraram tanto sua bravura que o carregaram de volta para sua casa em Loyola. Suas meditações durante sua longa recuperação o colocaram no caminho de uma conversão de vida de soldado a sacerdote. Ele acabaria por fundar a Sociedade de Jesus (os Jesuítas) e criar os Exercícios Espirituais , que são a base para a ideia de "retiros" como uma experiência de oração praticada na Igreja Católica Romana.

Noain-Esquiroz

A Batalha de Noain-Esquiroz foi travada perto de Pamplona em 30 de junho de 1521, durante a Guerra Italiana de 1521-1526 . Um exército espanhol improvisado consistindo principalmente de tropas castelhanas derrotou as forças navarras e francesas enviadas por Henry d'Albret e comandadas por Lesparre , expulsando- as de Navarra Ibérica .

Mézières

O cerco de Mézières (1521) ocorreu durante a Guerra Italiana de 1521-1526 . Um exército Imperial sitiou a cidade (agora parte de Charleville-Mézières ), que foi defendida por tropas francesas sob o comando do Chevalier de Bayard e Anne de Montmorency ; o sítio não foi bem sucedida, e a resistência francesa determinada deu Francisco I tempo para concentrar as suas forças contra Charles V .

Tournai

O cerco de Tournai (1521) ocorreu durante a Guerra Italiana de 1521-1526 . Um exército imperial sitiou a cidade de Tournai , capturando-a dos franceses no final de novembro; permaneceria como uma possessão dos Habsburgos até a conquista francesa da Holanda austríaca em 1795.

Bicocca

Génova

O cerco de Gênova (20 de maio de 1522 - 30 de maio de 1522) foi conduzido por um exército do Sacro Império Romano-Germânico sob o comando do general italiano / espanhol Fernando d'Avalos e do condottiero italiano Prospero Colonna contra as forças francesas que defendiam a Itália cidade. Como Gênova se recusou a se render, as tropas imperiais foram autorizadas a saquear a cidade depois de sua queda.

Sesia

A Batalha da Sesia (30 de abril de 1524) foi uma batalha na Guerra Italiana de 1521-1526 travada perto do rio Sesia que viu as forças imperiais espanholas sob Charles de Lannoy infligir uma derrota decisiva aos franceses sob o almirante Bonnivet e o Francis de Bourbon, Conde de St. Pol , forçando este último a se retirar da Lombardia .

Marselha

O cerco de Marselha (agosto-setembro de 1524) foi conduzido por um exército imperial comandado por Carlos de Bourbon (que recentemente havia traído Francisco I ) e Fernando de Avalos contra os defensores franceses de Marselha . Embora Avalos tenha saqueado pesadamente a zona rural circundante, ele não teve sucesso em tomar a cidade; e, diante da chegada de reforços franceses, cancelou o cerco em setembro.

Pavia

Guerra da Liga de Cognac

Roma

Nápoles

Mais informações: Cerco de Nápoles (1528)

Landriano

Florença

Gavinana

Guerra Italiana de 1542-46

Perpignan

Muros

Legal

O cerco de Nice ocorreu em agosto de 1543, durante a Guerra Italiana de 1542-1546 , quando uma força franco-otomana combinada atacou e capturou a cidade imperial de Nice .

Düren

Ceresole

Serravalle

St. Dizier

O cerco de St. Dizier ocorreu no verão de 1544, durante a Guerra Italiana de 1542-1546 , quando o exército Imperial de Carlos V atacou a cidade francesa de St. Dizier no início de seu avanço para Champagne . O cerco já estava em andamento quando o próprio Carlos V chegou com um exército de 14.100 (incluindo 1.600 sapadores ) em 13 de julho. No dia seguinte, um comandante imperial, René de Châlon , Príncipe de Orange , foi atingido por um tiro dos defensores e morreu no dia seguinte com o imperador ao lado de sua cama (seu título e terras vão para seu primo famoso, Guilherme , o Silencioso ). Em 23 de julho, os postos avançados franceses perto da cidade sitiada foram invadidos, mas um exército francês sob o comando do Dauphin Henry manteve uma posição de observação em Jalons. Em 17 de agosto, a cidade se rendeu. Carlos optou por não atacar o exército do delfim e, em vez disso, avançou para Soissons .

Lagny-sur-Marne

Montreuil

1ª Boulogne

2ª Boulogne

Solent

Bonchurch

Beachy Head

Guerra Italiana de 1551-1559

Mirandola (1551)

Metz

Marciano

Renty

São Quentin

Gravelines

Thionville

Notas

Referências

  • Arnold, Thomas F. The Renaissance at War . Smithsonian History of Warfare, editado por John Keegan . Nova York: Smithsonian Books / Collins, 2006. ISBN   978-0-06-089195-4 .
  • Baumgartner, Frederic J. Louis XII . Nova York: St. Martin's Press, 1994. ISBN   0-312-12072-9 .
  • Blockmans, Wim. Imperador Carlos V, 1500–1558 . Traduzido por Isola van den Hoven-Vardon. Nova York: Oxford University Press, 2002. ISBN   0-340-73110-9 .
  • Hackett, Francis. Francisco, o primeiro . Garden City, NY: Doubleday, Doran & Co., 1937.
  • Guicciardini, Francesco . A História da Itália . Traduzido por Sydney Alexander. Princeton: Princeton University Press, 1984. ISBN   0-691-00800-0 .
  • Norwich, John Julius . A History of Venice . New York: Vintage Books, 1989. ISBN   0-679-72197-5 .
  • Omã, Charles . Uma História da Arte da Guerra no Século XVI . Londres: Methuen & Co., 1937.
  • Phillips, Charles e Alan Axelrod. Enciclopédia de Guerras. Volume 2. New York: Facts on File, 2005. ISBN   978-0-8160-2851-1 .
  • Taylor, Frederick Lewis. A Arte da Guerra na Itália, 1494-1529 . Westport: Greenwood Press, 1973. ISBN   0-8371-5025-6 .

Leitura adicional