Batalha de Yenangyaung - Battle of Yenangyaung

Da Wikipédia, a enciclopédia livre
Batalha de Yenangyaung
Parte da campanha da Birmânia
Conquista Japonesa da Birmânia abril-maio ​​de 1942.jpg
A conquista japonesa da Birmânia (a seta vermelha para a esquerda representa os movimentos japoneses para Yenangyaung)
Encontro 11–19 de abril de 1942
Localização
Resultado Vitória aliada
Beligerantes

 China Reino Unido
 

 Japão
Comandantes e líderes
República da China (1912–1949) Sun Li Jen
República da China (1912–1949) Liu Fangwu John Anstice James Scott
Reino Unido
Reino Unido
Shozo Sakurai
Unidades envolvidas

Força Expedicionária Chinesa

  • 38ª Divisão
    • 113º Regimento
1ª Divisão da Birmânia 7ª Brigada Blindada
33ª Divisão
Força
: 1.121
: 7.000
7.000
Vítimas e perdas
204 mortos
318 feridos
20 desaparecidos
700 mortos

A Batalha de Yenangyaung ( chinês :; pinyin : REN ān Qiang Jie ; lit. : 'Grande vitória em Yenangyaung') foi travada na Birmânia , agora Myanmar , durante a Campanha Burma na II Guerra Mundial . A batalha de Yenaungyaung foi travada nas proximidades de Yenangyaung e seus campos de petróleo.

fundo

Depois que os japoneses capturaram Rangoon em março de 1942, os Aliados se reagruparam na Birmânia Central. O recém-formado Burma Corps , comandado pelo Tenente General William Slim e consistindo de tropas britânicas, indianas e tropas birmanesas criadas localmente, tentou defender o vale do rio Irrawaddy , enquanto a Força Expedicionária Chinesa (na Birmânia) defendeu o vale do Rio Sittaung a leste. Depois que os japoneses capturaram Cingapura e as Índias Orientais Holandesas , eles puderam usar as divisões liberadas por esses sucessos e caminhões capturados para reforçar seu exército na Birmânia e lançar ataques na Birmânia Central.

Um dos objetivos japoneses no vale do rio Irrawaddy eram os campos de petróleo de Yenangyaung . A batalha pelos campos de petróleo começou em 10 de abril e continuou por uma semana. Os japoneses atacaram a 1ª Divisão da Birmânia à direita aliada e a 48ª Brigada de Infantaria Indiana em Kokkogwa à noite durante uma tempestade e foram repelidos com pesadas baixas. No dia seguinte, o 2º Regimento de Tanques Real (2º RTR) estava em ação perto de Magwe em Thadodan e Alebo . De 13 a 17 de abril, os britânicos voltaram a ser atacados pelos japoneses. Em várias ocasiões, bloqueios de estradas japoneses dividiram a Força de Fronteira da Birmânia (uma força de segurança interna agindo como infantaria), a 1ª Divisão da Birmânia , o QG da 7ª Brigada Blindada Britânica e a 2ª RTR em três forças.

Em 15 de abril, o Tenente General Slim deu ordens para que os campos de petróleo e a refinaria fossem demolidos. A situação se tornou tão crítica que o General Harold Alexander , comandando o Exército da Birmânia, pediu ao Tenente-General Joseph Stilwell , comandante americano do China Burma India Theatre e Chefe do Estado-Maior de Chiang Kai-shek , para mover a 38ª Divisão chinesa imediatamente para o Yenaungyaung área.

Batalha

Em 16 de abril, quase 7.000 soldados britânicos e 500 prisioneiros e civis foram cercados por um número igual de soldados japoneses da 33ª Divisão IJA em Yenangyaung e seu campo de petróleo. A 33ª Divisão cortou a estrada de Magwe entre as duas divisões de Slim, que estavam agora a cerca de 80 km uma da outra. A 1ª Divisão da Birmânia foi prejudicada por um grande número de homens feridos e estava com falta de água. O general James Bruce Scott , comandando a 1ª Divisão da Birmânia, telefonou para o General Sun Li-jen , comandando a 38ª Divisão chinesa, pedindo resgate logo após a 38ª Divisão entrar na área.

Incêndios em Yenanguang provenientes de equipamentos e instalações destruídos

O General Sun pediu para liderar toda a sua divisão para o resgate da 1ª Divisão da Birmânia, mas o General Lo Cho-ying , comandante da Força Expedicionária Chinesa na Birmânia, recusou. Em 17 de abril, o General Sun liderou seu 113º Regimento com apenas 1.121 homens, dos quais apenas 800 eram combatentes, na missão de resgate. Como os chineses não tinham artilharia ou tanques, o Tenente General Slim designou a 7ª Brigada Blindada, comandada pelo Brigadeiro John Anstice , ao General Sun. A brigada consistia em dois regimentos (batalhões) de tanques leves M3 Stuart e uma bateria de canhões de 25 libras .

Nos três dias seguintes, os chineses atacaram para o sul. As temperaturas chegaram a 114 graus Fahrenheit e uma nuvem de fumaça dos poços de petróleo demolidos e refinarias pairava sobre o campo de batalha.

Enquanto isso, a 1ª Divisão da Birmânia lutou para chegar e cruzar o rio Pin Chaung, onde se encontraram com a coluna de alívio em 19 de abril. No dia seguinte, a força chinesa atacou ao sul em direção a Yenaungyaung e Pin Chaung . O ataque fez com que os japoneses sofressem pesadas baixas, mas as forças aliadas eram muito fracas para segurar os campos de petróleo e tiveram que recuar para o norte.

Resultados

A 1ª Divisão da Birmânia havia perdido a maior parte de seu equipamento pesado e estava exausta e desorganizada. Muitas de suas tropas birmanesas desertaram . O Rei George VI recompensou Sun Li Jen com o Comandante da Ordem do Império Britânico e honrou o Comandante do Regimento, Coronel Liu Fangwu e alguns outros oficiais com medalhas.

Veja também

Notas

Fontes

  • Hsu Long-hsuen e Chang Ming-kai, História da Guerra Sino-Japonesa (1937–1945) , 2ª Ed., 1971. Traduzido por Wen Ha-hsiung, Chung Wu Publishing; 33, 140th Lane, Tung-hwa Street, Taipei, Taiwan, República da China. Pág. 377
  • Slim, William (1956). Derrote para a vitória . Londres: Cassell. ISBN 0-304-29114-5.

links externos